As 6 tendências para o Home Office

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
81 / 100

Nos Estados Unidos, o home office já tem seu espaço bem estabelecido, sendo o modelo de emprego de 50% da população norte americana. Apesar de que o Brasil ainda está caminhando a uma grande distância dessa marca, é muito importante estar sempre de olho no que acontece no mundo.

A partir de 2020, uma boa parcela da força de trabalho global será de jovens que cresceram em uma sociedade centrada na internet e, por isso, procurarão formas de trabalho mais confortáveis, as quais a tecnologia pode proporcionar. Estamos longe de alcançar o ápice, porém tudo indica que esse mercado só tende a crescer.

Apesar de aparentar que o mercado se tornará mais flexível para aqueles que não tem especialização, se engana. A maioria dos empregadores a procura de talentos que possuam habilidades conjuntas específicas. Uma grande parte dos gerentes de RH apontam que essa exigência se tornará ainda mais específica na próxima década.

Com a ascensão da globalização e um abrangente leque de possibilidades, os próximos anos podem se tornar uma boa oportunidade para se começar um empreendimento como trabalhador remoto.

5 negócios mais comuns para trabalhar como Home Office

São várias as possibilidades para quem quer trabalhar como home office. Apesar de nem todas as profissões existentes caibam nessa modalidade, muitas delas podem sim se arranjar, com esforço e vontade, nos perímetros da sua residência.

Segue abaixo alguns dos negócios mais recorrentes dessa área:

1 – Webdesigner e programador

Com o aumento das mídias digitais, quase nenhuma empresa vive sem um site. Para começar sua própria marca de programação, tudo que precisa é de um computador, internet e muita vontade, além de conhecimento na área, claro. Comece conquistando esses clientes e torne sua marca cada vez mais conhecida. Seja criativo e moderno, pois o que os clientes esperam que o produto seja um site que conquiste quem o visita, e não que seja apenas mais uma página que o internauta visita por breves instantes.

2 – Redator de conteúdos (sites e redes sociais)

O profissional dessa área deve saber escolher a melhor forma de expressão para seu cliente se expressar através de sites e redes sociais. Ele pode trabalhar de forma autônoma, como freelancer, ou para uma agência de conteúdo/comunicação. Saber ser criativo e se ater a vontade do contratante é uma característica importante, já que você está escrevendo algo que deve agradar a várias pessoas e não apenas a si mesmo. Ter domínio da língua portuguesa é fundamental.

3 – Consultor

Seja para noivas, futuros pais ou para decoração, desde que se tenha alguma experiência neste segmento, profissionais podem ajudar seus clientes nas escolhas que desejam fazer e precisam de ajuda. Geralmente, o consultor faz uma entrevista para saber as preferências, dificuldades, orçamento e outras informações que ajudarão no planejamento, depois contata as lojas que tem os produtos necessários, faz orçamentos e até pode acompanhar os clientes durante as compras.

4 – Organizador de eventos

É comum que seja o organizador do evento quem visite o cliente, não o contrário. E, assim como as consultorias, é possível trabalhar em casa nessa função. É possível organizar desde festas infantis até casamentos, desde que você tenha experiência nessa área ou então procure se capacitar para isso.

5 – Agente de viagens

Organização e compra de roteiros de viagem, indicando a melhor opção de turismo para o seu cliente, é o trabalho do agente de viagens. O serviço pode ser realizado de forma autônoma ou como representante de uma empresa do setor.

6 – Coaching

Cada vez mais pessoas vem procurando desenvolver competências e aprimorar a forma como lidam com desafios do cotidiano. Seja na área profissional ou pessoal, o coaching é uma ferramenta para que o aluno obtenha resultados melhores em como lidar com seu dia a dia. A vantagem é que você pode oferecer orientação na área em que você já tem conhecimento: gestão de pessoas, administração, psicologia – há muitas possibilidades. Mas lembre-se de que é necessária uma formação como coaching para isso.

Começando seu próprio negócio em casa

É possível sim ganhar dinheiro trabalhando como home office e se sentir realizado. Ainda que pareça difícil, lembre-se que tudo aquilo que é conquistado com o próprio esforço é sempre satisfatório.

Na minha breve carreira como freelancer, aprendi que esse mercado é, sim, competitivo e inamistoso, mas existe algum que não? Conheci pessoas que venceram essa barreira do preconceito e hoje trabalham e recebem tanto quanto um empresário.

Eu mesmo comecei a empreender como home office quando ainda morava no Japão, onde por vários anos ofereci meus serviços para clientes de várias partes do mundo e notei que não havia necessidade de alugar um espaço destinado apenas para isso. Isso foi a mais ou menos 10 anos atrás, quando as pessoas ainda não entendiam muito bem como isso funcionava e rolava até certo preconceito, o que infelizmente ainda acontece com algumas pessoas, achando que eu ficava o dia todo sem fazer nada em casa! Rs

Hoje, depois de mais de dez anos como home office, tenho um estúdio digital de programação e motion design e continuo atendendo empresas de várias partes do mundo. Já não consigo me ver trabalhando em uma empresa onde eu tenha que sair de casa para ir trabalhar, enfrentar o trânsito, faça sol ou chuva!

Percebo que muitas empresas vêm adotando este estilo de trabalho. Atendo uma grande agência de publicidade em SP que, dos 70 colaboradores que eles têm, 30 são home office. Inclusive, as reuniões são mais produtivas.

O trabalho em home office é, mais do que viável, uma forma de começar seu próprio negócio sem precisar de grandes investimentos, uma enorme empresa sede ou equipamento de ponta. É com pequenos passos que as mais belas jornadas se iniciam.

Muitas profissões exigem, sim, que você tenha um diploma. Mas a verdade é que, em muitas delas, é a experiência e capacidade de executar bem a tarefa é que importa. Às vezes, nem mesmo o diploma garante um emprego. Não é a chegada, mas o caminho que importa, as vivências que você adquire. Se você quer algo, corre atrás, pois ninguém o fará por você.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

Seja um Afiliado de sucesso!

Um dos melhores temas para Blog!

Aprenda Wordpress!

Os inscritos serão os primeiros a receber as novidades!

Eu também odeio Spams, então não se preocupe pois nunca vou te enviar Spam!

Rolar para cima

40 NOVAS IDÉIAS PARA VOCÊ SER O SEU PRÓPRIO CHEFE!

Baixe agora o seu ebook com 40 ideias para você começar um novo negócio como Home Office!

Ei, espere um pouco!

Antes de sair, baixe o seu ebook grátis!

Uhuuuul!

Em breve você receberá o meu Email para confirmar a sua solicitação.

Clique no botão “Confirmar seu email”  que aparecer no centro da tela!

Verifique também a sua caixa de Spam, se estiver lá, marque como não spam para receber em sua caixa de entrada da próxima vez ;)

Sucesso!